Curas Naturais

Saúde e Auto Conhecimento

OFERTA DE CURSO DO INTESTINO Ead – Online

AMOR A PODEROSA FREQUÊNCIA DE 500 HZ

É possível que você já tenha parado pra pensar em por que a vida de algumas pessoas anda, tudo parece fluir tão facilmente e a de outras impaca. Vamos neste momento entender o que é criação e co-criação. E aí você vai entender o porquê a vida de uns dá certo com facilidade e a de outros com dificuldade, desencadeando diversos processos: depressão, tristeza, separação, casamento não dá certo, uma doença, um acidente, um assalto e tudo vai acontecendo pelo meio do caminho.

 

Acontece que todos nascemos com um propósito, um talento. Todo mundo tem aquilo que faz com facilidade, em que é bom, que é legal de fazer, que é gostoso, por mais que possa parecer bobo. Porque, você diz: “Ah! Mas, eu faço isso com tanta facilidade, imagina, isso nem é importante, qualquer um faz.” Errado! Há pessoas que fazem com bastante competência e com tranqüilidade, com leveza, com carinho e com prazer. E outras não.

 

É o seguinte, esse talento é onde a pessoa veio para se expressar no universo. E ela pode se utilizar desse talento de várias maneiras, mas, esse é o talento dela. É assim que ela vai se manifestar, expressar-se no nosso mundo. Quando você pega o seu maior talento, seja ele qual for, porque, é aquilo que te faz feliz, e muda do rumo, você começa a criar um monte de coisa que não tem nada a ver com o seu projeto de vida. Você começa a: ao invés de fazer o que te faz feliz, você começa a fazer algo que não te faz feliz. Porque, pode te dar mais dinheiro, enfim, porque a sua cabeça entende que aquilo vai ser melhor. Você racionaliza, vê que aquele caminho foi bom pra alguém e começa a seguir.

 

Daí a coisa começa a não ficar tão fácil. Por que? Porque você não está feliz. Porque, o seu coração não está batendo na freqüência de 500 Hz por segundo, este compasso não está vibrando, emanando esse amor essa confiança para o universo. Então você começa, com essa infelicidade, a criar um bloco de energia que não serve para o universo. Assim, imagine que o universo é um grande quebra-cabeça e aí você cria uma peça, você coloca a sua mente, o seu foco, a sua energia, você cria uma massa energética e essa massa está no seu corpo. Foi você que criou: um bloco de energia para que você comece a fazer a materialização das coisas que você deseja. Mas, você criou um bloco de energia que, por não estar dentro da sua missão de vida, do que você veio pra fazer aqui, esse bloco de energia, essa peça do quebra-cabeça, não encaixa no quebra-cabeça do universo. Ela não serve para o universo.

Cada um nasce com um talento, pra gente colocar as pecinhas no lugar. E aí, esse grande quebra-cabeça se formar. Mas, quando uma pessoa cria algo que não está dentro do talento dela, aquilo não tem função, não serve para o universo. Essa peça que não serve precisa ser descartada, ela precisa ser jogada fora. Esse bloco de energia de matéria (matéria é energia condensada, um grupo de átomos que juntos formam algo materializado) precisa ser desconstruído.

 

E como ele acaba sendo desconstruído? Através de uma doença, de um acidente, um estouro (cai alguma coisa, quebra alguma coisa e naquele susto a gente solta). Mas, até que isso aconteça, esse monte de peça que você vai criando e que não serve pra nada (por exemplo, quando você começa uma coisa e não termina; começa outra coisa e não termina), em vez de ele levar você para algum lugar, ele impaca. Imagina um campo todo cheio de coisa, como é que você passa? Você começa a tirar as coisas do caminho pra conseguir livrar, abrir o caminho pra entrar no seu fluxo.

 

Por que será que você parou todas as coisas? Você parou, porque, aquilo não aquece o seu coração. Você faz, mas, aquilo não te deixa feliz. E senão te faz feliz é por quê não é seu, não é o seu projeto de vida, não é a missão que você trouxe para contribuir com o mundo. É preciso entender que não existe o que é certo e o que é errado. Existe o que é meu e o que é seu. Tem que sentir dentro do coração o que é seu e, caso não, essa peça que está aí vai impacar.

 

Hoje tem gente criando, criando, criando, começa uma, começa outra e não termina nada, até mesmo com as ocupações do dia-a-dia. Tudo isso fica ali, atrapalhando o campo mental, emocional, seu campo energético, a sua vida. Isso tudo precisa ser desconstruído, precisa voltar para a terra. Precisam ser expurgados de alguma maneira, precisam voltar para a terra em forma de energia. Desconstruindo o bloco, esta energia volta livre, energia emanente: das plantas, das flores, da terra…

 

Uma pessoa que faz a co-criação é uma pessoa que sente no seu coração, que tem a competência – não no sentido de ser melhor do que o outro, ela sente o que é dela, é a missão de vida, o projeto de vida, ela faz com amor, com carinho. Mas, ela não precisa se esforçar para fazer com amor. Ela faz, porque faz. E não importa qual é o talento, é o talento dela.

 

Quando você faz com amor, independente do dinheiro ou independente do que a sociedade deseja de você, fazendo esse trabalho com prazer, expressando-se para o mundo com amor, essa peça do quebra-cabeça é a peça exata para o universo. Então essa peça que é exata e está ajudando a construir este grande organismo, essa grande alma chamada terra. Esta peça não precisa ser expurgada, ela encaixa direitinho no quebra-cabeça do universo. E aí, quando você encaixa essa peça, você tem o caminho livre para criar novas peças e continuar esse encaixe. Então a sua vida começa a ser mais fácil. O fluxo energético de todas as coisas que estão na sua vida começa a ser mais fácil: de amor, de relacionamento, de amizade, de dinheiro, de trabalho. Portanto, isso é o que faz a vida de algumas pessoas andar e a de outras não.

 

Então, co-criador é aquele que se conecta com ele mesmo e cria aquilo que é melhor para si. Sempre com o coração, não com a cabeça. Esta nos ajuda a focar, a ir para cima daquilo que se deseja, mas, o coração tem que estar envolvido nisso. Porque, existe uma tabela de freqüência e a freqüência do amor, é uma freqüência em 500 Hz. E esse amor, não tem a ver com um amor de apego, é um amor livre, é o que se tem com tranqüilidade. Você faz seu trabalho, porque, você ama o seu trabalho. Aí você pensa: “Ah! Isso não é fácil, isso não acontece com qualquer um”.  Acontece! É só você decidir, primeiro você precisa saber o que você ama. A maioria das pessoas não sabe e aí fica esperando o dia “que” acontecer alguma coisa, o dia que eu me aposentar, o dia que eu me formar, o dia que eu casar, o dia que eu tiver filho, enfim, esperando acontecer alguma coisa. E nada acontece.

 

Está na hora de parar de viver no padrão da esperança, porque, é um padrão de quem fica só esperando. É preciso entrar no padrão da confiança. Porque, a esperança é uma maneira bonita de ficar esperando por um amanhã que nunca chega. E a confiança é uma maneira de estabelecer o que se quer, entrar em contato com o universo, confiar e seguir em frente. Para isso fluir você precisa desconstruir os blocos energéticos, soltar por uma válvula de escape.

 

É isso que fazem os tratamentos de ordem energética: limpam esse campo cheio de blocos construídos por você, que são os que mais atrapalham. É preciso quebrar esses blocos energéticos para que sua vida possa seguir em frente. Se sua vida está parada é provável que tenha muitos blocos energéticos atrapalhando o seu caminho. É hora de fazer algo para mudar, entre na confiança, vá em busca da sua vida, não fique só esperando alguma coisa acontecer. Vai lá e faz você! Muda, transforma e se precisar de ajuda pede, existem muitos terapeutas energéticos que trabalham com isso. Tentar mudar só com a cabeça é praticamente impossível, só com a razão a gente não muda o sentimento, a dor, a tristeza. É preciso de um ajuste energético-vibracional. Se você seguir o seu coração as coisas andam, mas, é preciso limpar o que ficou sujo, o que ficou no meio do caminho precisa ser removido.

2018 - Curas Naturais | Bem Estar e Auto Conhecimento

A informação contida neste site tem um fim exclusivamente educativo e não é recomendada como meio de diagnóstico nem tratamento de doenças. As informações e conhecimentos expostos no nosso site não substituem o acompanhamento e supervisão de um médico ou profissional da saúde devidamente credenciado.
Frontier Theme