Curas Naturais

Saúde e Auto Conhecimento

OFERTA – CURSOS – CERTIFICADOS – Ead – Online

CULINÁRIA – A ARTE DE ” MATAR ” OS ALIMENTOS

ARTE CULINÁRIA, ARTE MORTAL!

 

Segundo o Dr. Herbert M. Shelton, a maior autoridade em higienismo que já viveu, os alimentos que existem na natureza do jeito que Deus os criou, passaram a ser violentados através da arte culinária, graças à influência da Magia Negra.

 

Feiticeiros primitivos, supunham passar o poder do fogo para os alimentos quando os preparavam em suas cerimónias mágicas e obrigavam suas vítimas a ingeri-los.

 

Qualquer alimento saudável, por melhor que seja, torna-se prejudicial quando passa pelo fogo.

 

A temperatura elevada, coagula as proteínas da carne, dos ovos e do leite, diminuindo o valor nutriente contido nesses e em outros alimentos.

 

As proteínas ficam menos digestíveis (exceto a clara do ovo ligeiramente aquecida), os fosfatos orgânicos da carne, mesmo ligeiramente cozida, tornam-se inorgânicos (segundo Francis, Trowbrige e Stanley cf cit de Ragnar Berg).

 

 

O corpo humano não pode assimilar os sais inorgânicos, nem torna-los orgânicos, apenas as plantas conseguem realizar isso, assim sendo, a insistência de médicos e nutriconistas para que você coma carne para obter proteínas é completamente improcedente.

 

  • muito interessante conhecer a experiência de Pottenger Simonsen:

 

Esta experiência foi realizada com dois grupos de gatos. O primeiro grupo foi alimentado com carne crua e legumes, o segundo com carne cozida e legumes.

experiência prosseguiu por várias gerações e gerou os seguintes resultados:

 

O grupo alimentado com carne crua passou bem. Quanto aos gatos do segundo grupo, que eram alimentados com carne cozida, viveram doentes durante quase toda a vida.

A terceira e quarta geração se tornaram incapazes de procriar e tiveram seus ossos amolecidos – os do crânio inclusive – as patas sofreram deformações e paralisias, tiveram raquitismo, abcessos tireoidianos, convulsões, cianose do fígado e dos rins, um cólon hiperdesenvolvido, degenerescência das células nervosas motoras afetando a coluna e o cérebro.”

 

O preparo culinário (cozer, ferver, fritar, assar,grelhar, fermentar) altera as gorduras contidas nos alimentos tornando-as venenosas para o consumo; também faz com que se percam sais minerais solúveis.

Cerca de 20 a 67% dos sais da carne ficam na águaem que foi fervida.

 

Se você apenas descascar as batatas e deixa-las mergulhadas na água, já fez com que perdessem cercade 38% de seus minerais.

 

A couve cozida perde: 72% do cálcio; 67% do ferro;60% do fósforo e 62% das proteínas que continha.

Assim sendo a comida (qualquer alimento que tenha sido submetido ao preparo culinário de coser, assar, fritar ou fermentar) é inorgânica e não assimilável pelo organismo e o alimento (tudo que se possa comer, em seu estado natural) é sempre orgânico.

O verdadeiro alimento é uma substância inteiramente orgânica.

Albert Mosséri

 

No instante mesmo em que é colhido, inicia-se a oxidação do alimento; qualquer tipo de calor ativa a oxidação, quando o calor atinge à temperatura de cozimento de strói todos os nutrientes do alimento, transformando-os em comida.

 

No leite pasteurizado o sal orgânico assimilável se transforma em uma forma não assimilável, daí a inutilidade de se indicar leite para pessoas que tenham problemas ósseos ou carência de cálcio.

 

Todos os componentes orgânicos contidos nos alimentos, quando sujeitos a altas temperaturas (sejam grelhados ou fritos) decompõem-se formando alcatrão negro, predisponente ao câncer.

Updated: Dezembro 1, 2017 — 11:27 am
2018 - Curas Naturais | Bem Estar e Auto Conhecimento

A informação contida neste site tem um fim exclusivamente educativo e não é recomendada como meio de diagnóstico nem tratamento de doenças. As informações e conhecimentos expostos no nosso site não substituem o acompanhamento e supervisão de um médico ou profissional da saúde devidamente credenciado.
Frontier Theme